top of page
  • André Martins

Ucrânia: como se está resgatando pessoas da zona de guerra

Encontrar uma rota segura para sair da Ucrânia não é fácil.


Um desafio para aqueles que procuram escapar é encontrar um que não esteja sob forte bombardeio das forças russas.

A ONU diz que mais de três milhões de pessoas já fugiram da Ucrânia desde que a Rússia lançou sua invasão há pouco mais de três semanas.


Então, como as pessoas realmente encontram uma passagem segura para fora do país?


Uma maneira é através do transporte organizado por dezenas de voluntários a milhares de quilômetros de distância, que se relacionam com outros voluntários na Ucrânia.


Eles, por sua vez, enviam informações em tempo real sobre estradas seguras para motoristas que podem resgatar ônibus lotados de pessoas.


Mas mesmo usando esse método, viajar não é isento de perigos consideráveis.


Em outras palavras, eles estão fazendo crowdsourcing de uma passagem segura para fora de uma zona de guerra.


Civis evacuando civis

Artur Kiulian, um desenvolvedor de software ucraniano que vive nos EUA, foi um dos muitos que responderam ao pedido de assistência do ministro digital do país, Mykhailo Fedorov.


Artur usou suas habilidades adquiridas na indústria de tecnologia para formar a UkraineNow, que usa voluntários e aplicativos de mensagens para evacuar pessoas da Ucrânia.

"Eu venho construindo startups de tecnologia na última década", disse ele. "Eu mesmo sou engenheiro, sou formado em sistemas de inteligência artificial."
"Há capacidade limitada [da] ONU e da Cruz Vermelha. Não há mais ninguém para ajudar. São todos civis evacuando civis."

Como funciona?

Em primeiro lugar, os civis na Ucrânia fazem pedidos de ajuda online.


A equipe nos EUA recebe os pedidos e os aloca para ônibus que foram comprados ou alugados com o dinheiro que o UkraineNow arrecada.


Os motoristas são então colocados em contato com os civis e a evacuação é organizada.


O processo exato e os métodos usados ​​são mais detalhados do que isso, mas as informações não estão sendo compartilhadas aqui para proteger a organização de ataques cibernéticos e do mundo real.

5 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page