top of page
  • André Martins

Pelé se une a apelos para que Brasil intensifique busca por casal desaparecido na Amazônia

Três vezes vencedor da Copa do Mundo juntou-se a figuras do esporte, cultura e mídia para pedir ação sobre Dom Phillips e Bruno Pereira

Uma série de celebridades brasileiras, lideradas pelo tricampeão do mundo Pelé, uniram-se aos apelos para que as autoridades intensifiquem a busca por um jornalista britânico e defensor do índio brasileiro desaparecido na floresta amazônica.


Pelé , hoje com 81 anos e considerado um dos maiores jogadores de todos os tempos, retweetou um vídeo feito pela esposa de Phillips pedindo mais urgência na busca pelo marido e Bruno Pereira.

“A luta pela preservação da floresta amazônica e dos grupos indígenas é de todos nós”, escreveu a ex-lenda santista no Twitter.

“Estou comovido com o desaparecimento de Dom Phillips e Bruno Ferreira, que dedicam a vida a esta causa. Junto-me às muitas vozes que fazem o apelo para intensificar a busca.”


Suas palavras vieram quando autoridades da região remota na fronteira do Brasil com o Peru anunciaram que prenderam um homem em posse de armas e munições .


O suspeito não foi identificado, mas a polícia disse anteriormente que havia detido Amarildo da Costa de Oliveira. Ele teria ameaçado Phillips, Pereira e um grupo de 13 indígenas na manhã de sábado enquanto viajavam pela região do Vale do Javari.


Pereira, um antigo defensor das tribos indígenas em uma vasta e remota área de selva, recebeu ameaças de morte por seu trabalho ajudando a proteger grupos indígenas de traficantes de drogas e garimpeiros ilegais, madeireiros e caçadores que cobiçam terras em uma região rica em recursos naturais .


Ele e Phillips foram vistos pela última vez na manhã de domingo enquanto viajavam de barco pela região de Javari, no Amazonas. Eles voltavam de uma viagem de reportagem de dois dias, mas não chegaram como previsto na cidade de Atalaia do Norte.


Phillips, estava pesquisando um livro sobre desenvolvimento sustentável na região. Ele recebeu uma bolsa da Fundação Alicia Patterson para escrever o livro e pretendia terminá-lo até o final deste ano.


Na terça-feira, sua esposa Alessandra Sampaio fez um apelo emocionado para que as autoridades agilizem as buscas e, quando o caso chegou às manchetes no Brasil, personalidades do mundo do esporte, da cultura e da mídia se juntaram.


Drauzio Varella, especialista em saúde pública e radialista que é uma das personalidades mais amadas do Brasil, chamou Phillips de “altamente sério” e disse: “Precisamos esclarecer o que aconteceu”.


“O mundo inteiro está nos observando e precisamos descobrir o que aconteceu e os responsáveis, se existirem, devem enfrentar punições exemplares”, disse ele em mensagem de vídeo.


O músico Caetano Veloso disse que planeja falar sobre Phillips e Pereira durante seu show na sala de concertos Vivo Rio, no Rio de Janeiro, na noite de quarta-feira.


Além de Pelé , o atacante do Everton e da seleção brasileira Richarlison retweetou o vídeo emocionante da esposa de Phillips, e Walter Casagrande, ex-jogador brasileiro que hoje é um conhecido apresentador, fez sua própria mensagem gravada em apoio a duas pessoas que ele disse estarem dedicadas a proteger direitos humanos e meio ambiente.


“Eles são amigos do nosso povo indígena e não podemos ficar calados”, disse o ex-atacante do Corinthians, Porto e Torino. “É responsabilidade do governo intensificar as buscas… Este é um caso muito sério.”


O clube de futebol Corinthians twittou seu apoio ; a cantora Gaby Amarantos fez seu próprio vídeo; e Sonia Guajajara, uma líder indígena que foi recentemente apontada como uma das pessoas mais influentes da revista Time em 2022, levantou a questão com o enviado climático dos EUA, John Kerry , em visita a Nova York.


Na Grã-Bretanha, o secretário de Relações Exteriores, David Lammy, pediu às autoridades brasileiras “que façam todo o possível para encontrá-los o mais rápido possível e que o Ministério das Relações Exteriores use todos os canais diplomáticos à sua disposição”.


5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page