top of page
  • André Martins

Dolce & Gabbana vai deixar de usar pele animal nas suas coleções

"A Dolce & Gabbana está a trabalhar para um futuro mais sustentável que não pode contemplar o uso de peles de animais", disse a marca em comunicado.


A casa de moda italiana Dolce & Gabbana anunciou na terça-feira que vai deixar de usar peles nas suas coleções a partir deste ano, juntando-se a uma longa lista de marcas de luxo que procuram alternativas mais humanas.


"A Dolce & Gabbana está a trabalhar para um futuro mais sustentável que não pode contemplar o uso de peles de animais" - disse o diretor de comunicação e marketing da empresa, Fedele Usai, em comunicado.

Mas para preservar as habilidades dos artesãos que trabalham este material, a empresa disse que "continuará a colaborar com esses artesãos na criação de roupas e acessórios de pele ecológica, uma alternativa sustentável de peles artificiais que utiliza materiais reciclados e recicláveis."


Outrora uma declaração de riqueza e estatuto, as peles animais caíram em forte desuso entre os designers nos últimos anos, com os gigantes da moda Chanel e Gucci entre os que interromperam o seu uso.


Algumas marcas, como a Armani, também suspenderam o uso de lã de angorá, devido a preocupações com a crueldade na criação destes animais e na colheita da sua pele.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page